REFORMADOS NA FÉ PARA ANDARMOS NA ROTA DO SOBRENATURAL DE DEUS!

(Lc 5: 17-26)

 

Essa é mais uma impressionante história de fé. Lá estava Jesus ensinando e ao Seu redor estavam assentados fariseus e mestres da lei, homens letrados na Lei de Moisés; alguns, ávidos de aprender com Jesus, outros, porém, prontos para questioná-lO, afrontando-O por causa dos ensinos do Pai a respeito do Reino de Deus. Certamente foi uma reunião estimulante e extremamente concorrida, pois diz o texto que havia uma multidão no local. Como sempre, uma multidão com muitas necessidades e movida pelas mais variadas motivações. Jesus estava ali, no meio da multidão e o texto diz que “e o poder do Senhor estava com Ele para curar”.

No entanto, fora dali, alguns acontecimentos, aparentemente sem importância, estavam se alinhando para um tremendo testemunho de fé. Havia um enfermo, necessitado do favor de Deus, e um grupo de pessoas dispostas a conduzi-lo até Jesus, porque tinham a expectativa de que algo sobrenatural pudesse acontecer na vida do enfermo. Pelas atitudes e ações daqueles homens conduzindo o enfermo, podemos tirar algumas lições importantes a respeito da fé e também podemos nos avaliar quanto a nossa fé, se estivéssemos no lugar de um daqueles condutores do enfermo até Jesus.

Será que eu faria parte daquela equipe de fé? Ou precisaria ser reformado na fé para poder trilhar aquela rota em direção ao sobrenatural de Deus? Para melhor nos avaliarmos, vamos entender, a partir do texto bíblico, porque é preciso uma reforma na fé para trilharmos a rota do sobrenatural.

 

POR QUE PRECISAMOS SER REFORMADOS NA FÉ PARA ANDARMOS NA ROTA DO SOBRENATURAL DE DEUS?

Observando o texto, podemos ver quatro aspectos relevantes a respeito da fé autêntica, que opera para nos introduzir e sustentar na tora do sobrenatural de Deus.

 

1- A FÉ AUTÊNTICA SEMPRE APONTA PARA JESUS CRISTO!

A fé que opera para o sobrenatural de Deus definitivamente aponta para o Senhor Jesus. Ao explodir no coração daqueles homens, imediatamente se deslocaram para onde estava Jesus. O Senhor é o Autor e Consumador da nossa fé, logo, uma vez que vem dEle, ao se mover, esta fé obrigatoriamente nos conduz para Ele. Com certeza aqueles homens não pensaram duas vezes e, diante do mover da fé, se expressaram caminhando na direção do Único que poderia supri-los – Jesus Cristo de Nazaré. Nenhuma outra pessoa ou opção lhes satisfaria a necessidade - só Jesus. Aleluia!

Precisamos ser reformados na fé porque, diante dos desafios, não podemos nos distrair no caminho, perdendo o foco no Senhor. Muitos paralisaram ou se desviaram da rota do sobrenatural, ainda que tenham começado a jornada movidos pela fé em Jesus, porque se distrairam, se encantaram com outras possibilidades e se perderam no caminho em direção ao suprimento surpreendente do Senhor. Não se pode esquecer que o foco da fé sobrenatural é o próprio Senhor da fé! As pessoas que Deus usa são importantes e merecem honra, mas nunca poderão substituir o Senhor Jesus na nossa fé. Precisamos não nos esquecer que todo o nosso relacionamento com o Senhor Jesus, principalmente no território dos milagres, está baseado na nossa fé na Sua pessoa e na Sua obra.

 

2- A FÉ AUTÊNTICA GERA UMA VISÃO PROFÉTICA DO MILAGRE!

A mesma fé que opera para o sobrenatural de Deus é a que gera no nosso coração uma visão do milagre que se espera. Ao receberem a fé sobrenatural em seus corações, aqueles homens “viram” a possibilidade de Jesus fazer o milagre na vida do enfermo e partiram na direção de Jesus. Eles não foram a Jesus como os fariseus, mestres da lei, curiosos ou questionadores. Não! Eles foram ao Senhor movidos pela expectativa de que a sua esperança não seria frustrada. Que esperança? Aquela que a visão do milagre gerou em seus corações.

Se a nossa fé não puder gerar em nossos corações uma visão do nosso milagre, dificilmente seremos surpreendidos pelo sobrenatural de Deus. A visão profética do milagre é uma obra do Espírito Santo, gerada em nosso coração pela fé sobrenatural, a fé autêntica. Ainda que essa fé possa ser influenciada, ela não está baseada nas emoções, sentimentos, pensamentos humanos e, muito menos, nos decretos de impossibilidade, desistência e morte que tenhamos liberado ou recebido.

A visão profética do milagre é uma operação da Verdade, logo, depende da fé em Jesus Cristo e não daqueles mecanismos paralisantes. Na verdade, a fé sobrenatural se opõe a esses mecanismos e só nos moverá na direção do surpreendente de Deus, se puder gerar em nós a visão profética do milagre, ou seja, aquilo que esperamos efetivamente receber do Senhor e não o que vemos no plano físico. Por isso, a fé autêntica não é compreendida pela razão humana e, via de regra, é tida como loucura e promotora dos chamados “loucos” da fé.

 

3- A FÉ AUTÊNTICA PRODUZ PERSEVERANÇA!

Quando a fé autêntica entra em operação, ficamos cheios de esperança e somos desafiados a perseverar na conquista do sobrenatural de Deus. No entanto, toda vez que partimos para uma empreitada sobrenatural com Jesus, é comum toparmos com a frustração e o desânimo. Frustração e desânimo são sentimentos, são visitações na nossa alma, que precedem ou anunciam a desistência, porque competem com a esperança. As adversidades e debilidades da nossa alma nos põem em contato com a frustração e o desânimo; se não os vencermos com a esperança da vitória, certamente desistiremos da conquista. Aqueles homens tiveram certamente alguns motivos para frustrar e desanimar, mas não desistiram de colocar o enfermo aos pés de Jesus.

Todo desistido abortou a esperança porque acolheu no coração a frustração e o desânimo. Quando a fé em Jesus nos faz esperar que a visão profética do milagre se cumpra em nossas vidas, então ganhamos forças para permanecer na rota do milagre e perseverar na nossa conquista. Perseverança é um ato de fé, está apoiado na esperança da vitória. Perseverar será sempre a resposta dos vencedores para os sentimentos de frustração e desânimo. Precisamos ser reformados na fé para que, movidos pela esperança, possamos resistir à frustração e ao desânimo e perseverarmos na rota até que o milagre aconteça.

 

4- A FÉ AUTÊNTICA NOS LEVA A VENCER AS BARREIRAS NO CAMINHO!

Aqueles homens conquistaram o milagre porque venceram as barreiras que surgiram. Desde que seus olhos foram abertos pela fé para visualizarem a oportunidade do milagre, creio que lutas foram travadas por aqueles homens, para que pudessem chegar aos pés de Jesus e ser abençoados. A fé autêntica é a que nos leva a vencer as barreiras no caminho da conquista do sobrenatural de Deus. Conquistar no sobrenatural de Deus implica em vencer as barreiras no caminho. Só os reformados na fé conseguem perseverar e vencer.

Essas barreiras são verdadeiros inimigos da nossa conquista e podem ser internos (estão dentro de nós) e externos (estão no contexto ao nosso redor). Muitas coisas dentro de nós impedem a nossa caminhada de fé e precisam ser vencidas. São barreiras tais como a incredulidade, medo, insegurança, soberba, vergonha, timidez, comodismo, imediatismo, feridas e traumas emocionais. Outro grande inimigo interno, junto com frustração, desânimo e desistência, é o isolamento. Aqueles homens não se isolaram em nome da fé, ao contrário, se uniram em busca da vitória.

Há momentos em que batalha é individual e há outros, em que só venceremos se nos unirmos numa equipe de fé, o que só acontecerá se vencermos o gigante do isolamento dentro de nós. Se não formos reformados na fé, dificilmente andaremos numa equipe de fé! Há batalhas em que ficamos sozinhos por decisão de Deus, mas se isolar numa batalha é sempre decisão nossa. A fé sobrenatural nunca nos isola, mesmo quando nos leva para as batalhas individuais da fé!

Mas há também as barreiras ou inimigos externos ao mover da fé. São os que nos rodeiam e que precisam ser vencidos, desde que os internos tenham sido derrotados. Porque aqueles homens venceram os inimigos internos da fé, eles também puderam vencer os vários obstáculos que se levantaram diante deles, desde a casa do enfermo até chegarem diante de Jesus. Por exemplo, venceram os comentários negativos e proibitivos quanto a chegarem a Jesus; venceram a barreira humana que estava entre eles e o Senhor e, de forma criativa, buscaram abertura no teto para entrar; venceram as barreiras religiosas ao quebrarem o protocolo e os preceitos religiosos e interromperem o ensino rabínico sem autorização. Só os reformados na fé conseguem vencer as barreiras internas e, assim, vencer as barreiras externas, caminhando firmemente para a conquista do sobrenatural de Deus. Porque o tempo da nossa reforma da fé chegou, podemos esperar pelas conquistas sobrenaturais em Deus.

 

No amor do Senhor da reforma.

 

                               Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

1- Sua fé está movendo você em direção ao sobrenatural de Deus?

2- Você percebe que sua fé precisa de reforma em algum nivel?

3- Das quatro operações da fé autêntica descritas na pastoral, em quais delas você precisa ser reformado(a)? O que você fará a respeito?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES