27/09/2015

 

 

O NOME DE JESUS TEM PODER!
(Filipenses 2.9-11)

 

 

O texto nos diz duas coisas fundamentais e de poderoso impacto universal: a) Que Jesus Cristo foi sobremaneira exaltado por Deus e b) Que Deus lhe deu o nome que está acima de todo nome. A partir dessas duas ações de Deus, podemos deduzir, sem muito esforço, que Jesus foi colocado por Deus numa posição de supremacia o Universo.

           

Entretanto, em Filipenses 2.8 também podemos ver que houve uma razão para tal: Ele humilhou-Se, tornou-Se servo e foi obediente até a morte, e morte de cruz. (Fp 2.8: “A si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz”). O que isso significa? Significa que Ele cumpriu todo o propósito de Deus para Sua vida, isto é: tornou-Se o Redentor do pecador e o Salvador e Senhor de todo o que nEle crê. Ao derramar Seu sangue na cruz do Calvário Ele pagou o preço da condenação do pecador e selou a Aliança Perfeita entre Deus e o pecador redimido, Aliança de vida eterna. Aleluia!

 

JESUS CRISTO – O NOME QUE ESTÁ SOBRE TODO NOME!

Para entendermos o que significa ter o nome que está sobre todo nome, primeiro precisamos entender o significado do termo nome no texto. O nome (onoma, no grego) é usado para tudo que o nome do seu possuidor abrange, todos os pensamentos ou sentimentos do que é despertado na mente pelo mencionar, ouvir e lembrar o nome, isto é: pela posição, autoridade, interesses, satisfação, comando, excelência, obras, ações e tudo o mais de alguém. O nome remete à identidade do seu possuidor, entendendo que identidade é mais do que simplesmente existir socialmente. O nome fala da vida, do propósito e da obra do seu possuidor. Aqui, o nome de alguém representa quem é, o que tem, o que faz e o que pode fazer este alguém.

           

Assim, o nome de Jesus Cristo representa o próprio Senhor Jesus e significa que onde o nome dEle estiver, ali também Ele pessoalmente estará! E como nenhum outro nome está, ao menos, no nivel do dEle, podemos afirmar que nada e ninguém tem maior poder e autoridade do que Ele em todo o Universo. Aleluia! Quando o nome de Jesus é proclamado em qualquer parte do Universo, se está proclamando tudo o que Ele é, tudo o que Ele tem, tudo o que Ele fez e faz, tudo o que Ele pode fazer! Aleluia!

           

Por isso lemos que, quando é proclamado o nome de Jesus, todo joelho, seja em que instância ou lugar for, tem que se dobrar em sinal de reverência, respeito, temor, adoração, sujeição, obediência. O nome de Jesus tem toda autoridade e todo poder para subjugar todo e qualquer outro nome, isto é: tem autoridade e poder sobre tudo o que se nomeie no Universo! Entender isso e crer nisto é simplesmente fantástico para nossa caminhada como homens e mulheres de Deus.

           

O texto nos diz que diante do nome de Jesus todos os joelhos se dobram, tanto nos céus, como na Terra e embaixo da Terra. Vamos entender o significado dessas expressões:

          a) CÉUS (epouranios, no grego) refere-se aos seres e coisas que têm lugar no céu, nas regiões celestiais;

          b) TERRA (Epigeios): seres e coisas que existem sobre a terra, o que é terreno, mundano;

          c) DEBAIXO DA TERRA (Katactonios): o que existe no plano subterrâneo; refere-se ao mundo inferior, aos mortos.

           

O que o texto nos diz é algo poderosíssimo, diz que diante do nome de Jesus tudo e todos se dobram (animais e vegetais, forças da natureza, seres animados e inanimados, seres naturais e sobrenaturais etc)! Não só pessoas e seres celestiais se submetem, mas literalmente tudo: animais e vegetais, forças da natureza, seres animados e inanimados, seres naturais e sobrenaturais, inclusive os mortos!

 

O NOME DE JESUS TEM PODER!

O nome de Jesus tem poder simplesmente porque a pessoa de Jesus e o Seu nome são um só. Ter a revelação do significado e do poder do nome de Jesus e vivê-la pela fé é fundamental para uma vida marcada pelo sobrenatural de Deus, recebendo os impactos do Seu Evangelho e, pelo Seu nome, impactando outros com a mensagem do Evangelho.

           

O nome de Jesus foi entregue à Sua Igreja, para que, em Seu nome, ela desse prosseguimento à Sua obra, depois da sua ressurreição e subida aos céus. A Igreja de Jesus foi legitimamente estabelecida por Ele na Terra para agir em Seu nome, como Sua representante no planeta. Então, são os Seus discípulos, os que nEle crêm como Seu Senhor e Salvador, que estão autorizados a dar seguimento ao Seu ministério na Terra em Seu nome. Com base na vida, no ensino e no ministério de Jesus, podemos perceber algumas manifestações de poder que Ele promoveu e, se Ele promoveu, também o Seu nome promoverá.

 

1- O NOME DE JESUS TEM PODER PARA TRAZER A VIDA E A RESSURREIÇÃO!

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá” (Jo 11.25).

           

Esse é o poder que vence a morte. Foi sob a atuação desse poder que Jesus venceu a morte e o inferno, abrindo assim legalidade para que também nos tornássemos vencedores. Em Cristo, a morte e o inferno não têm mais poder sobre nós. Nele, já vencemos a morte e o inferno e conquistamos a vida eterna e o céu.

           

Ao entregarmos nossa vida a Cristo, recebendo-O como Senhor e Salvador, nos expomos ao poder da ressurreição e da vida (Jo 3.16) e nos credibilizamos para usar o Nome que é sobre todo nome. Quando pela fé o nome de Jesus é proclamado diante da morte, o poder da vida e da ressurreição entra em ação. Toda indução para o inferno e todo mecanismo de morte não prosperam na vida dos que mergulharam na revelação de que Cristo é o poder de Deus contra a morte e o inferno. Em nome de Jesus Cristo, você já é vencedor sobre a morte e o inferno.

 

2- O NOME DE JESUS TEM PODER PARA TRAZER A PAZ!

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (Jo 14.27).

           

Esse é o poder que vence a angústia e a aflição. A paz de Cristo tem o poder de nos livrar de toda angústia e aflição da nossa alma. Se estamos em Cristo, a angústia e a aflição são ilegais na nossa vida. Esse é o poder que transcende o nosso entendimento, porque, mesmo em tempos de crises e conflitos, o Senhor nos conserva em paz, sem angústias nem aflições. Creia que se curvarão diante do nome de Jesus toda angústia e aflição que entraram em sua vida!

 

3- O NOME DE JESUS TEM PODER PARA LIBERTAR!

“O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor” Lc 4.18-19).

           

Esse é o poder que vence a opressão do inimigo. Jesus é o Libertador da nossa alma, pois se Ele nos libertar, verdadeiramente seremos livres (Jo 8.36)! Através desse poder, as cadeias infernais que aprisionam a alma de muitos na caminhada espiritual são quebradas. Aleluia!

           

Quando Cristo verdadeiramente Se move na vida de alguém, a libertação acontece, porque as cadeias infernais que aprisionam aquela alma caem. Creia que hoje, em nome de Jesus, o poder da libertação se moverá sobre sua vida e o inimigo se curvará, suas cadeias se quebrarão e a liberdade fluirá em sua vida para a honra e o louvor do Senhor.

 

4- O NOME DE JESUS TEM PODER PARA CURAR!

“Para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças” (Mt 8.17).

           

Esse é o poder que vence as doenças e enfermidades. Uma das mais fortes características do ministério de Jesus foi a explosão do poder de Deus através das curas milagrosas.

 

“Ora, aconteceu que, num daqueles dias, estava ele ensinando, e achavam-se ali assentados fariseus e mestres da Lei, vindos de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor estava com ele para curar” (Lc 5.17).

           

“E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades” (Mt 9.35).

           

“Disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te cura! Levanta-te e arruma o teu leito. Ele, imediatamente, se levantou” (Atos 9.34).

           

Em nome de Jesus, tanto recebemos como ministramos a cura física e a cura emocional. Cristo é o poder de Deus para a cura das doenças e enfermidades. Na cruz do calvário Ele nos garantiu essa vitória. Creia que diante do nome de Jesus as doenças e enfermidades se curvarão e o poder da cura se moverá em sua vida.

           

Decida hoje viver o melhor de Deus para você. Exponha-se ao poder do Senhor e experimente a vida abundante que Jesus trouxe para os que nEle crêm. Renuncie a todos os poderes contraditórios e, em nome de Jesus, tome posse do poder de Cristo, que é o único que pode promover a verdadeira mudança em nossas vidas.

 

No amor do Senhor do altar.

 

Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos.

 

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

  • O que representa o nome de Jesus para você?

  • Você crê que o nome de Jesus e o próprio Jesus são uma só coisa?

  • O que você fará, a partir de agora, quanto a empregar o nome de Jesus corretamente em sua caminhada espiritual?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES