25/10/2015

 

 

A FÉ AGRADA A DEUS E ATRAI O SEU SOBRENATURAL!
(Hebreus 11.1-3, 6)

 

 

O tempo em que se busca a restauração do altar de Deus é também o tempo em que o sobrenatural de Deus se manifesta no meio do Seu povo. A restauração do altar nos harmoniza com Deus e com Seus propósitos, nos realinha com a Sua Palavra e nos credibiliza para entrarmos no campo da providência sobrenatural de Deus. Por isso podemos afirmar que coisas surpreendentes já estão e serão contabilizadas em nosso histórico, porque Deus é Fiel e certamente não permitirá que a Sua Palavra volte para Ele vazia, mas prosperará naquilo para o que foi designada.

 

Porque Deus manifesta as Suas maravilhas no meio do Seu povo, esse será um tempo de consolo para quem crê e de confrontos para quem não crê. O fato é que muitos já receberam o sobrenatural de Deus não só na vida espiritual, emocional, familiar e financeira, mas também no discipulado, ministério etc. As rotas de perdas e os registros de fracassos já sairam da vida e do histórico de muitos de nós, mas isto é só o começo, porque muito mais ainda está por vir. Aleluia.

 

 

A CHAVE PARA ACESSAR O SOBRENATURAL DE DEUS É A FÉ EM CRISTO!

Todo o nosso relacionamento com Deus se dá pela fé nEle, em Cristo Jesus, Seu Filho e nosso Senhor e Salvador. Não crer em Cristo, nem na Sua obra redentora, nos inviabiliza para relacionamento com Deus e, consequentemente, para desfrutarmos da Sua providência sobrenatural. Deus não Se agrada da incredulidade. Só a fé agrada a Deus.

 

A chave para nossas conquistas e vitórias na caminhada espiritual está na fé em Cristo, que envolve o crer na Sua Pessoa, na Sua Palavra, na Sua obra e no Seu ministério. A questão não é saber quem é Jesus, nem o que Ele fez; isto não é fé, é conhecimento. O povo de Sua própria cidade, que O conhecia, sabia quem Ele era e o que fazia, mas não cria nEle; razão pela qual Ele não pôde fazer ali muitos milagres (Mt 13.58). Crer em Cristo como Senhor e Salvador e não crer no Seu ensino, no Seu ministério e na Sua obra é, no mínimo, uma incoerência terrível.

 

Se há algo que inviabiliza o mover sobrenatural de Deus na vida de alguém é a incredulidade. Nossas súplicas precisam nascer no útero da fé! Afinal, precisamos crer que o nosso Deus é Fiel e quer nos abençoar segundo o Seu propósito. Os milagres de Deus não nos alcançam por causa das nossas necessidades, mas por causa da nossa fé! É a nossa fé que nos posiciona em Deus e atrai os Seus milagres. Aleluia! É a nossa fé, e não as nossas necessidades e conhecimento, que move o braço de Deus

 

 

POR QUE MUITOS NÃO ENTRAM NA ROTA DO SOBRENATURAL DE DEUS?

Via de regra, por causa da incredulidade. Não podemos dizer que sempre que alguém não é visitado pelo sobrenatural de Deus é por causa da sua incredulidade. Parece que há casos em que simplesmente o milagre não está nos propósitos de Deus. É uma questão da soberania de Deus e é evidente que ela nunca pode ser questionada.

 

No entanto, com base na Bíblia, vemos que há algumas situações em que a intenção do Senhor é efetivamente realizar as Suas maravilhas, mas encontra, em algum nível, a incredulidade das pessoas. Apesar de estarem necessitadas do sobrenatural de Deus, a incredulidade pode chegar à vida de muitas pessoas por meio de algumas experiências significativas. Vejamos pelo menos três:

 

 

a) VIDA PESSOAL E FAMILIAR DE FRACASSOS.

É comum nas pessoas que nasceram e/ou foram criadas em ambientes de fracassos e derrotas não acreditarem que milagres possam acontecer em suas vidas. Em geral, pessoas assim tornam-se desistidas e sem esperança. Acostumaram-se com o histórico de derrotas, porque assimilaram a identidade de fracassados e não conseguem se ver como alvos do mover sobrenatural de Deus. Diante da possibilidade do milagre, simplesmente se fecham, racionalizam e se consolidam na incredulidade. O interessante é que até acreditam no milagre, mas nunca para eles e sim para os outros, que têm outra história. Gideão foi encontrado assim pelo Senhor, quando foi chamado para libertar o seu povo da opressão dos midianitas; ele não se achava capaz, nem viavel, para entrar no mover sobrenatural de Deus – sua história o oprimia e o inviabilizava na fé! (Juizes 6)

 

Pela obra da redenção em Cristo fomos salvos e levados para outra dimensão. O próprio Senhor Jesus decretou que veio para nos dar vida em abundância e, na Sua obra na cruz do Calvário, levou cativo o cativeiro e nos libertou do passado de derrotas e fracassos. Jesus veio para proclamar libertação aos cativos e para por em liberdade os oprimidos (Lc 4.18). Portanto, se seu passado ou a sua história impedem você de crer, agora mesmo quebre as cadeias do passado e libere-se para o novo de Deus, para o tempo do sobrenatural.

 

 

b) VIDA DEBAIXO DE DECRETOS LIMITADORES DA FÉ.

São pessoas que não acreditam que o milagre possa alcançá-los, porque estão debaixo de decretos de inviabilidades liberados sobre elas. Receberam como verdades para suas vidas os tais decretos inviabilizadores ou de maldições liberados por terceiros, por pessoas nas quais reconhece algum nivel de autoridade. Creram mais nas sentenças de maldição e morte do que nas promessas e nos decretos verdadeiros de vida do Senhor. Estão desistidos e incrédulos porque pessoas lhes disseram, de certa forma, que o milagre em suas vidas e contexto é impossível.

 

Há muitos cristãos assim, que não se encontram com os milagres de Deus porque estão debaixo de palavras malditas e decretos de impossibilidades e morte. Por exemplo, precisamos respeitar a orientação dos profissionais médicos e seguir-lhes a orientação quanto a medicação, dieta, plano de tratamento etc, mas devemos rejeitar firmemente seus decretos de inviabilidade e morte. Acima dos decretos humanos, independente da autoridade ou da competência profissional de quem os emitiu, precisamos estabelecer como Verdade e crer nos decretos daquEle que é o Todo-Poderoso, o Senhor dos senhores, o Rei dos reis, o nosso Deus maravilhoso. Se há um decreto de vida liberado por Deus sobre você, então creia na Verdade e espere pelo milagre, em nome de Jesus! No quesito do milagre, é claro que o realizar pertence a Deus, mas o crer pertence a nós!

 

 

c) ENCONTROS COM A MORTE.

Muitos se encontraram com a morte em algum nivel e não acreditam mais na possibilidade da vida, de um milagre. A base da incredulidade aqui está no paradigma de que a morte é o ponto final, pois se algo morreu, então chegou ao fim, acabou. Isso acontece mesmo na vida de pessoas com intimidade com Jesus, porque no rastro da morte, via de regra, encontramos medo, desistência e neutralização da fé. Situação assim aconteceu com Marta, irmã de Lázaro: ela cria em Jesus, amava o Mestre, mas ao se encontrar com a morte de Lázaro, foi atingida pela desistência e incredulidade (Jo 11). Ela até cria em Jesus para vencer as enfermidades de seu irmão, mas para vencer a morte não!

 

Há muitos cristãos sinceros, que também estão inviabilizados pela incredulidade, porque deram como mortos seus sonhos, esperança, casamentos, famílias, ministérios, finanças etc. Os decretos de morte geraram desistência e incredulidade. Não acreditam que o sobrenatural de Deus possa alcançá-los nas áreas em que a morte foi decretada. Como Marta, porque a morte entrou em seu histórico, sepultaram a fé e a esperança do milagre juntamente com o que morreu. Ao dizer que Lázaro já era um morto de quatro dias e que cheirava mal, estava dizendo para Jesus que não acreditava no milagre, no mover sobrenatural de Deus. Estava dizendo que da morte e da podridão o Senhor não poderia colher a vida. Jesus, então, a exortou dizendo: “se creres, verás a glória de Deus”!

 

Só a fé é capaz de neutralizar as cadeias imobilizadoras da morte. Não importa o que morreu e que até já foi sepultado em sua vida, a palavra de ordem para nós é: “se creres, verás a glória de Deus”! Aleluia!

 

No episódio da ressurreição de Lázaro, vemos que Jesus desafiou o povo a exercitar a fé, a esperar pelo cumprimento do milagre. Jesus mostrou que o milagre viria se a fé na Verdade sobrepujasse a visão humana da realidade. Ele não negou a realidade dos fatos, mas creu no poder da Palavra, no absoluto da Verdade, no poder imensuravel de Deus. Ele deixou bem claro que no tempo da provação e da necessidade, só a fé atrai o sobrenatural de Deus. “Se creres, verás a glória de Deus”!

 

Tire os seus olhos das realidades inviabilizantes e fixe-os na Verdade do Deus poderoso para Quem não há impossíveis em todas as Suas promessas (Lc 1-37). Ative a sua fé no caráter e na Palavra do Deus que não pode falhar. Espere pela manifestação do sobrenatural de Deus em sua vida, casamento, família, sonhos, ministério, discipulado, finanças e tudo o mais, se Deus quiser, em nome de Jesus! Creia que esse tempo da crise e da necessidade apressadamente passará, porque o tempo do sobrenatural de Deus chegou para você!

 

 

No amor do Senhor do altar.

 

 

Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos.

 

 

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

  • Há alguma necessidade em sua vida que você tem convicção de que só por um milagre de Deus ela será suprida?

  • Você espera que realmente um milagre aconteça nesse caso?

  • Há uma promessa de Deus quanto a suprir você com esse milagre? Qual? Proclame-a em todas as vezes que orar pelo seu milagre.

  • Na reunião celular ore para que o milagre ocorra para a glória do Deus Todo Poderoso.

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES