19/07/2015

 

DEIXANDO AS SOMBRAS DO DESÂNIMO PARA ROMPER
EM CONQUISTAS SOBRENATURAIS!
(I Reis 19.1-8)

 

 

Nesse Ano da Restauração do Altar, o Senhor restaurará também o vigor e a alegria da nossa chamada. Muitos homens e mulheres de Deus, que já foram tremendamente usados pelo Senhor, entraram na rota do desânimo de Elias. Nem todos tiveram a mesma causa de Elias, mas, independente da causa, estão vivenciando as mesmas consequências: desânimo. Mas nesse ano o Senhor restaurará a alegria e o vigor em nossas vidas e, por certo, seremos restituídos no nosso chamado de uma forma incrivelmente maravilhosa.

 

O DESÂNIMO E O ENCORAJAMENTO

Desânimo é uma das armas mais eficaz e sutil de Satanás contra a Igreja de Jesus. O inimigo é ardiloso e sabe infiltrar suas setas inflamadas do desânimo na vida dos servos de Deus, levando-os muitas vezes à desistência e paralisação do próprio crescimento espiritual e ministerial. Em grande parte dos casos é como se um espírito de depressão oprimisse a pessoa, levando-a a entrar nos laços de morte como um todo.

 

No entanto, nosso Deus também tem Seus recursos para operar em nós e nos livrar das garras do desânimo. O encorajamento é uma das armas mais eficazes de Deus para vencermos o desânimo e a desistência. Deus é o maior encorajador de toda a história da humanidade. No que depender dEle, nenhum servo de Deus fica envolto pelas sombras do desânimo.

 

Há na Bíblia vários exemplos de servos de Deus que desanimaram, ao ponto de desistirem e, até, pedirem a morte para si próprios, mas que Deus operou e foram tremendamente encorajados, libertando-se das garras do desânimo. Elias foi um desses desanimados que foi tocado pelo poder encorajador de Deus.

 

SITUAÇÕES LIGADAS AO DESÂNIMO NA VIDA DOS SERVOS DE DEUS:

A exemplo do que se vê na história de Elias, podemos enumerar pelo menos 6 situações que estão, de alguma forma, ligadas ao desânimo.

 

1- AS CIRCUNSTÂNCIAS ADVERSAS (v.2)

Elias foi tremendamente usado por Deus na questão do monte Carmelo, mas as circunstâncias adversas à sua volta o desanimaram. Todos certamente o respeitaram por causa de suas ações proféticas poderosas ali, mas, por causa de um bilhete demoníaco de Jezabel ele foi atingido negativamente. Ao ler o bilhete, Elias perdeu a visão da promessa e a capacidade de sonhar, e negligenciou a sua autoridade. Ele ficou paralisado, ao ponto de esquecer-se que Deus sempre é maior que Jezabel. Cuidado com as pressões e decretos malignos contra você –  não os receba, nem os deixe prosperar em sua vida. Lembre-se que nosso Deus sempre será maior e mais poderoso do que qualquer circunstâncias adversas!

 

2- MEDO DO INIMIGO (v.3)

O medo é um gerador de desânimo, porque neutraliza a fé e rouba a esperança. Ele mostra uma falta de firmeza quanto à obra que Jesus realizou em nossas vidas e quanto à nossa identidade. Elias teve medo de Jezabel e do seu recado para ele. Por causa da ameaça, Elias não conseguia se avaliar, nem avaliar o que Deus acabara de fazer por seu intermédio. Bastava uma palavra de ordem de Elias e tudo se resolveria! O pessimista vê uma dificuldade em cada oportunidade, mas o otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade.

 

3- COMPARAÇÃO COM OS OUTROS (v. 4)

Elias estava se medindo pelos outros (seus pais). Quem foi que disse que ele tinha que ser melhor do que seus pais? Você não precisa ser melhor do que ninguém - precisa simplesmente ser alguém nas potentes mãos de Deus e aí você será excelente! Você é único diante de Deus! O inimigo quer adulterar sua identidade comparando você com outros.

 

Seu modelo sempre deverá ser Cristo. Mais do que ser bom, você deve ser santo! Veja-se como Deus vê você e seja o que Deus já fez e está fazendo em você! Viver com excelência é viver a sua nova e única identidade. Você não é mais um miserável e perdido: você é filho(a) do Deus altíssimo, do Rei dos reis. Isso é vencer o desânimo e viver com excelência!

 

4- CANSAÇO, ESTRESSE (v.5):

A sobrecarga e o estresse são fatores desanimadores. Muitos, como Elias, além do desgaste físico e emocional, experimentaram também sobrecarga quanto a atividade espiritual. Precisamos discernir as muitas e variadas frentes de batalha para agirmos estrategicamente corretos, entrando em guerras e ações que nos são pertinentes. Entenda que mesmo sendo servo de Deus, usado poderosamente por Deus, você continua um ser humano, que tem limitações e fraquezas, logo pode se cansar e até lutar erradamente.

 

5- SOLIDÃO (v.10):

Elias estava se sentido solitário. Isolar-se doentiamente ou ser rechaçado por alguém, via de regra, leva ao desânimo. O isolamento é uma das principais causas de desânimo. Manter-se isolado é um risco grave. Agir isolado, sem trabalho em equipe, pode ser fatal. Por achar-se só, Elias, um líder de excelência, pediu a morte!

 

6- FRUSTRAÇÃO (v.10):

Há um tom de frustração e fracasso no verso 10. A sensação de impotência e não realização podem levar-nos ao fracasso. Isso pode acontecer quando nos submetemos, sem a dependência de Deus, a metas e projetos muito maiores que a nossa capacidade de resolução. Também quando subestimamos o poder do inimigo, achando que ele se dará por vencido facilmente. Elias não esperava pela reação de Jezabel, talvez porque o êxito da batalha no Carmelo o tenha levado a subestimar o poder e as intenções malignas dela.

 

Você recebeu a flecha do desânimo e paralisou o caminho e as conquistas em sua vida e ministério? Por causa das circunstâncias desanimadoras que invadiram sua vida, você desanimou? Você está frustrado porque certos projetos não decolaram? Por causa das tribulações na família, na saúde, nos negócios e no ministério você não está vendo condições de progredir? Você tem dado mais ouvidos aos bilhetes (mentiras) de Jezabel do que à Palavra de Deus? Você está vendo mais a operação do engano do que a obra de Deus em sua vida? Em que áreas você precisa ser encorajado?

 

O Senhor hoje quer levantar você e encorajá-lo a prosseguir e perseverar. Reposicione-se em Cristo, firme-se na sua identidade nEle e decida ser o que Ele diz que você é, depois da obra que Ele mesmo realizou na cruz do Calvário em seu favor – você é filho(a) do Deus Altíssimo! Deus encorajou Elias com pão e água, ou seja: com Sua Palavra e com Seu Espirito. Coma a Palavra e beba do Espírito e levante-se para um novo tempo em sua vida!

 

No amor do Senhor do altar e do encorajamento.

 

Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos.

 

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

  • Você está desanimado(a)? Há quanto tempo?

  • Você já identificou se há relação com alguma das 6 situações ligadas ao desânimo descritas na pastoral?

  • Como está sua vida em relação à sua comunhão com Deus? Você “come” a Palavra de Deus e “bebe” do Espírito de Deus sistematicamente?

  • Você participa de uma célula semanal, onde você possa encorajar e ser encorajado?

  • O que você efetivamente fará, a partir de agora, quanto a receber encorajamento e encorajar outros quando necessário?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES