No Ano da Reforma Vamos Reconstruir os Muros da Nação

Neemias 1:1-4

 

O povo de Israel foi levado cativo para a Babilônia. Jerusalém estava totalmente destruída. A muralha da cidade estava em ruínas, as portas queimadas a fogo. Após 70 anos de cativeiro, Deus houve o clamor do povo e move o coração do rei Ciro para permitir que os judeus voltem para a sua terra.

Alguns poucos começam a retornar, sob o comando de Zorobabel, mas o desafio era grande. Zorobabel consegue restaurar o templo em Jerusalém, mas morreu sem conseguir reerguer os muros da cidade, que ainda continuavam em ruínas.

É aí que surge um homem chamado Neemias. Vivendo no palácio real, Neemias era um daqueles judeus que ainda não haviam retornado para a sua terra. No entanto, era um homem temente a Deus.

Quando chega uma comitiva vinda de Jerusalém, ele pergunta sobre o estado da cidade. A resposta não foi nada boa. Neemias houve o relatório de que as pessoas que viviam na cidade estavam em grande aperto e miséria e de que os muros de Jerusalém continuavam derrubados e, suas portas, queimadas.

Aquele relatório tocou profundo no coração de Neemias. Após um tempo de jejum e oração, ele pede ao rei que o libere para que ele possa voltar a Jerusalém e reconstruir a cidade. O rei autoriza e Neemias, juntamente com o sacerdote Esdras, dá início a uma das maiores reformas espirituais da história de Israel.

A muralha da cidade foi reconstruída de forma milagrosa em apenas 52 dias. O resultado do trabalho de Esdras e Neemias é que Deus derramou um poderoso avivamento no meio de Israel que mudou toda uma geração  e influencia a história da nação até aos dias de hoje ( Neem. 8:1-8; 9:1-3).

 Israel nunca mais foi o mesmo depois daqueles dias. Nunca mais voltaram a se contaminar com ídolos e nem se misturaram com outros povos. A religião judaica, tal qual a conhecemos hoje, tem suas raízes justamente nesse período. Se hoje Israel consegue sobreviver como nação, isso se deve, em grande parte, à grande reforma espiritual que aconteceu nos dias de Esdras e Neemias.

 

ATITUDES DE UM REFORMADOR

  • Despertamento espiritual:

Nenhuma reforma espiritual genuína acontece sem que primeiro haja um despertar espiritual em nós. Neemias passou por um profundo despertar espiritual ao ouvir as notícias sobre Jerusalém. Precisamos urgentemente disso. Precisamos de algo que nos arranque da inércia espiritual, algo que nos leve para a busca mais intensa do Senhor. Sem esse despertamento, não seremos os reformadores que a sociedade precisa hoje.

 

  • Sair da zona de conforto

Neemias estava com sua vida estabilizada, confortavelmente instalado no palácio Real. Era copeiro do Rei, uma função da mais alta confiança. No entanto, ao ser despertado do sono espiritual, ele ousou abrir mão daquele lugar de privilégio para socorrer aos seus irmãos.

Muitas vezes estamos tão acomodados na nossa vida cotidiana (trabalho, igreja, família etc), que nos esquecemos dos sonhos de Deus para nós. Esquecemos que Deus quer nos usar para as reformas de hoje, para impactar a sociedade com a mensagem e os princípios do Reino de Deus. Isso só vai acontecer quando sairmos da nossa zona de conforto.

 

  • Deixar Deus cumprir em nós os seus propósitos

Antes de Neemias, Zorobabel havia conseguido reconstruir o templo em Jerusalém. É interessante notar que a reconstrução do templo, registrada no livro de Esdras, não gerou tanta oposição quanto a reconstrução dos muros da cidade. Isso fala muito para nós nos dias de hoje.

Podemos até realizar os nossos cultos e liturgias e isso não vai gerar a fúria do inimigo, desde que ele tenha o domínio da cidade. No entanto, quando nos levantamos não só para cumprir rituais religiosos mas para proclamar o Deus vivo e arrancar o domínio que o Diabo tem sobre cidades, estados e nações, vamos enfrentar, com certeza, toda a fúria do inimigo, que vai fazer de tudo para nos paralisar.

Satanás não está muito preocupado com a simples realização de cultos e liturgias, mas ele arde em ira quando nos levantamos para deixar Deus cumprir em nós os seus propósitos. A boa notícia é que ele já está derrotado. Se estivermos no centro da vontade de Deus, ele não pode nos tocar.

 

Amados, vivemos um tempo especial. Abra o seu coração para o Espírito Santo e deixe o Senhor te usar como um reformador para este tempo, como um atalaia nos muros da nação.

 

No amor do Senhor,

Pr. Candido Junior

 

​Perguntas:

 

  • Como está a sua vida espiritual? Será que você está precisando de um despertamento espiritual?

  • O que você fará, a partir de hoje, para ser um reformador nesta geração?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES