AMPLIANDO A COLHEITA, HONRANDO A DEUS COM UM CAMINHAR DIGNO!

(Efésios 4:1-3)

Espiritualmente falando, todos nós, de alguma forma, estamos caminhando e, independentemente da forma como caminhamos, enquanto o fazemos, também estamos semando e colhendo.

De certo que há muitas maneiras de caminhar: gerando bênçãos ou maldições, edificando a família e a Igreja ou não, glorificando o nome do Senhor ou não, agregando ou desagregando as pessoas, promovendo a unidade ou a dissensão, a facção e a discórdia, semeando o perdão ou o ódio, semeando a misericórdia ou a condenação, honrando ou desonrando a Deus e à Igreja. Enfim, podemos caminhar de várias formas, gerando os mais diversos frutos, em maior ou menor quantidade.

O fato é que precisamos entender que toda a nossa colheita estará atrelada ao princípio da honra, quer entendamos isto ou não. Se nos movermos pelo princípio da honra, haveremos de ampliar a nossa colheita de bênçãos e vitórias. Quando honramos a Deus, Ele nos responde favoravelmente. E uma das formas de honrarmos a Deus é certamente com o nosso caminhar.

 

COMO HONRAR A DEUS COM O MEU CAMINHAR?

Andando de modo digno, como um cristão! Todos nós, que somos do Senhor, fomos chamados para andar de modo a não envergonhar o Seu nome nem promover escândalos. Fomos chamados a ter uma vida digna de Jesus, o nosso Senhor. Devemos viver de tal forma que o mundo não possa negar que somos filhos de Deus. Queiramos ou não, há uma expectativa: o mundo quer ver a Igreja de Jesus (eu e você) andando dignamente, testificando o seu chamado, a sua vocação - andando como Cristo andou! Precisamos nos desviar das rotas erradas, deixar tudo aquilo que nos afasta do Senhor e assumir a rota dos Princípios Eternos de Deus, que é a única maneira de ampliarmos nossas colheitas de bênçãos.

 

COMO ANDAR DE MODO DIGNO?

Ninguém é mais digno de honra do que o Senhor e ninguém honrou mais ao Pai do que Ele com a Sua vida. Se o nosso modelo é Cristo, o que efetivamente é, precisamos olhar para Ele no nosso caminhar diário e imitá-lO em tudo.

Entretanto, sabemos que não é tarefa fácil reproduzir os passos de Jesus na Terra, principalmente nos dias de hoje. Só com muito compromisso, submetendo-nos à ação da Palavra e do Espírito Santo poderemos andar como o Mestre andou, honrando-O com o nosso caminhar. Porém, destacamos pelo menos cinco qualidades de Jesus que precisamos ter, para andarmos de modo digno da nossa vocação, isto é, como cristãos:

 

a) SER HUMILDE:

É andar sem egoismo, sem vaidade, sem orgulho, sem arrogância, sem dominar. É reconhecer a soberania absoluta de Jesus, entregar-se plenamente a Ele e glorificá-lO sempre. Humildade não é baixa-estima, mas um sinal de santidade e está ligada ao ter um conceito humilde de si próprio, ao reconhecer-se como insignificante diante de Deus e do próximo, sendo fundamental para a realização do serviço cristão. Humilde é o que se conceitua como o menor, tal como o fez o Senhor Jesus.

 

b) SER MANSO:

É andar sem resistência ao Senhor e dobrar-se à Sua vontade. É ser ensinável; é saber ouvir, saber falar e saber agir.

Mansidão está ligada à gentileza, à bondade, ao serviço em amor. É repudiar, com todas as forças, a rebeldia e a desobediência, que são grandes promotoras de quebra de princípios na família, Igreja, sociedade etc. Pela ausência de mansidão, muitos têm andando indignamente diante de Deus e da Igreja!

 

c) SER LONGÂNIMO:

É ser predisposto a não se irar, não se irritar. Longanimidade está ligada à paciência. Ser longânimo é ser capaz de liberar perdão com facilidade. A ausência de longanimidade tem sido um grande fator de discórdias e dissenções na Igreja de Jesus, afetando negativamente o casamento, a família, o discipulado etc.

 

d) SER SUPORTADOR:

A idéia original de “suportando-vos uns aos outros” é a de mutuamente se aguentarem de pé, de mutuamente se levantarem para se firmarem e permanecerem na posição ereta, em pé. Suportar traz a idéia de que se deve ser compassivo, compreensivo e consolidador.

É despir-se de julgamento próprio e ser capaz de ver Cristo na vida do irmão, apesar das fraquezas, diferenças e dificuldades. É entender que todos somos fracos e, por isso, dependemos da misericórdia de Deus e uns dos outros. É ser abençoador na vida dos chamados "irmãos difíceis de se conviver". É ser capaz de andar a segunda milha com quem for preciso, em amor.

 

e) SER ESFORÇADO:

É ser determinado, sem ser obstinado. Ser esforçado é estar disposto a pagar o preço para que os propósitos Deus se cumpram na sua vida. Só se esforça para andar dignamente quem tem compromisso com Cristo e Seu Reino.

Quem não se vê como um agente do Reino a serviço da paz, não se esforça para andar dignamente. O esforçado é o que persiste e não esmorece diante dos obstáculos que se levantam para roubar a sua dignidade no caminhar. É ter o compromisso de testemunhar a Cristo em qualquer condição.

 

POR QUE HONRAR A DEUS ANDANDO DIGNAMENTE? (v 3)

Simplesmente porque somos testemunhas do Senhor no mundo! Porque devemos "preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz". Porque precisamos deixar que os rastros da nossa caminhada sejam a denúncia da paz. Porque devemos deixar atrás de nós os sinais do Reino (Mc 16:17; Jo 17:18-23). Porque só assim andaremos na unidade do Espírito e deixaremos de ser muitos de Cristo para sermos um em Cristo! Porque as pessoas precisam saber que não somos mais deste reino: somos do Reino de Deus! Porque andar assim é honrar ao Senhor e isto nos introduz em colheitas ampliadas do favor de Deus em todas as áreas de nossas vidas! Somos diferentes!

Precisamos e vamos continuar caminhando, mas não podemos caminhar de qualquer jeito. Nós somos cidadãos do Reino de Deus e precisamos nos posicionar como tal em qualquer situação. Não podemos nos esquecer que há uma grande expectativa em relação a nós, tanto no céu, como na Terra. O nosso Senhor espera que a nossa vida possa honrar e glorificar o Seu nome, por onde quer que passemos e onde quer que estejamos. Por isso, cabe a cada um de nós, crentes em Jesus, repudiar o pecado, a carnalidade e os padrões mundanos de vida, e assumir a nova vida que já temos em Cristo Jesus.

Faça uma retrospectiva das rotas de sua vida, com base no que o Espírito Santo ministrou a você nessa pastoral; percebendo que há erros, arrependa-se, confesse-os, peça perdão a Deus e decida assumir um novo caminhar, digno do Senhor. Afinal, Jesus quer ser visto na Terra através de nós!

 

No amor do Senhor da Colheita Ampliada. Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos.

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

Seu caminhar honra ou não ao Senhor?

De acordo com a pastoral, o que falta a você para caminhar de modo digno?

O que você efetivamente fará, a partir de agora, quando a caminhar dignamente na vida cristã, tanto no casamento como na família, Igreja, trabalho etc? !

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES