As Promessas de Deus são dignas de Confiança Salmos

12 e 1Tm 4,1

 

O Salmista descreve um período em que a atividade dos pecadores é duramente sentida por quem vive para Deus e sua justiça.

O povo de Deus vem enfrentando isso através dos tempos,  mas nos últimos dias  esse problema ocorrerá em escala geral (1 Tm 4,1).

O crente sabendo que está rodeado pelos males da sociedade, aflito e oprimido pela imoralidade, terá a proteção especial do poder de Deus!

Deus “nos guardará” e “desta geração nos livrará para sempre”.

Como crentes precisamos ser prudentes, pois satanás não tem escrúpulos e não para de introduzir heresias no meio do povo de Deus, para enganar e desviar os cristãos do caminho.

E como estão nossos dias? São iguais ao que descreve Davi? E você, tem enfrentado afrontas e humilhações nesse ano 2015? Como você tem vencido e se mantido firme, de pé?

Temos observado muitos crentes que estão desistindo, paralisando os sonhos e projetos de Deus em suas vidas, quando já estavam no tempo de ampliar a sua conquista. Muitos deixam de confiar, e vivem a realidade que não é a verdade de Deus para suas vidas. Com isso deixam de acreditar que os planos e projetos que o Senhor tem preparado para quem crê, teme e persevera em sua palavra são maiores.

São homens e mulheres, que inseridos em uma atmosfera de problemas e adversidades, deixam de viver as promessas de Deus e buscam a saída em suas habilidades e conhecimentos. Com isso, o racionalismo e humanismo guiam suas decisões, e as suas prioridades são viver segundo os padrões desse mundo.

E o Espírito Santo nos conduz a uma reflexão na carta de Paulo  em 1 Tm 4, 1, que nos faz entender e estar em alerta para essa realidade.

Nesse texto o Apóstolo alerta a igreja para vigiar sobre o afastamento do relacionamento com Cristo e da verdadeira Fé nele, e que as promessas de Deus são dignas de toda confiança

Seria a Apostasia (grego Aphistemi) dos crentes para com Deus. A palavra apostasia significa: decaída, rebelião, abandono, afastar-se daquilo que antes estava ligado. E para nosso contexto seria melhor representado como cortar o relacionamento com Cristo e da verdadeira Fé n’Ele.

Esse afastamento do relacionamento ocorre com aquele que é discípulo de Jesus porque esse já experimentou a salvação, regeneração e renovação pelo Espírito Santo. E podemos verificar que esse afastamento é desencadeado por dois aspectos distintos:

1-Abandono da Palavra de Deus – o discípulo rejeita os ensinos originais de Cristo através da sua palavra que é a bíblia.

2-Abandono da Moral – o discípulo deixa de permanecer em Cristo, e volta a ser escravo do pecado e da imoralidade.

A Bíblia nos adverte fortemente visando a nos alertar do perigo fatal desses tempos atuais, e nos motiva a perseverar na fé e na obediência.

Aqui temos cinco passos que levam o discípulo ao afastamento do relacionamento com Cristo e da verdadeira Fé nEle.

1-Falta de Fé: discípulos que dão o passo de não levar a sério as verdades, exortações, advertências, promessas e ensinos da palavra de Deus.

O discípulo que relativiza tudo, e torna a sagrada escritura como um livro de boas práticas, e não a verdade única de uma vida de cura, libertação, de conquistas e vitórias.

Você pode viver na modernidade sem corromper os princípios, porém enche-se dos argumentos do mundo e justifica o pecado com frases de efeito: Não é bem assim...Não tem nada a ver....Você é muito radical...Os tempos são outros....

2-A realidade do Mundo torna-se maior do que a Verdade de Deus: discípulos que dão o passo de viver a verdade do mundo.

Somos ministrados que a realidade que você vive e está a sua volta não é a verdade que Deus tem para a sua vida.

Muitos discípulos têm deixado de viver as promessas de Deus para praticar e viver os conselhos do mundo. E vemos a grande decepção quando esse discípulo tem vitórias e conquistas nos planos errados. São colheitas de frutos corrompidos, e que geram infidelidade no corpo, que é a igreja.

3-Tornar-se tolerante ao pecado: discípulos que dão o passo de não amar  a retidão, sendo coniventes com o pecado. São enganados pelo pai da mentira e passam a conviver à margem de risco, e consideram até o pecado como uma ferramenta de correção santa.

Para alertar o irmão usam a “mentira santa”,  alegando ser boa a boa intenção.

Chega de corromper os princípios e de usar o evangelho para justificar nossas debilidades. Temos que tomar a decisão de ser discípulos de Cristo Jesus e obedecer a Sua palavra.

4-Dureza do coração: discípulos que dão um passo de fechar o coração ao Espírito Santo, e rejeitam os Caminhos de Deus para suas vidas. Não se deixam ser ministrados pelo Espírito Santo, que nos confronta quanto ao pecado e consola na dor. Tornam se frios e racionais para o mover de Deus e não recebem o confronto para gerar a cura e libertação.

5-Não dar importância para o Espírito Santo: discípulos que dão o passo em não se relacionar com o Espírito Santo de Deus. Passam a não dar importância à Sua presença, não buscam reconhecer a Sua voz em suas vidas. Com isso entristecem o Espírito Santo de Deus e O deixam de lado.  Alguns ainda cometem o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, que conforme a Bíblia, é pecado sem perdão.

A partir de hoje decida a eliminar os passos que levam você a morte espiritual e a colher frutos indesejados em sua vida.

Decida ser alguém usado para levar multidões para Jesus. Decida a viver o Reino de Deus na Terra, no seu contexto, na sua casa, ministério, escola, faculdade e em toda a sua existência.

Muitos não têm conquistado a medida do santuário, porque fazem a mesma coisa há anos e não mudam para o novo de Deus. Busque estratégias nos Princípios de Deus, faça a leitura correta dos tempos e plante segundo as ordens do Espírito Santo.

Faça a sua vida valer a pena ser vivida!!! Deixe um legado de vitória, um rastro de conquistas para sua geração.

As pessoas irão falar da sua vida com orgulho porque conseguiram reconhecer a vida de Cristo através de você!

Somos uma igreja de tratamento de caráter, e nenhum de nós está sozinho nessa caminhada.

Você tem que estar em uma célula, participar do crescimento do Reino de Deus com seu líder. Você tem discipulado para consolidar as verdades de Cristo para sua vida, e seguir conquistando os sonhos de Deus para sua existência.

E não se esqueça de que em nossa igreja não erramos por falta de ensino, mas sim por falta de decisão, posicionamento em Cristo.

Vamos nos arrepender dos passos errados praticados em nossa caminhada, e a partir de hoje seguir rompendo em Fé.

Acheguemos-nos a Deus com toda a confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. (Heb. 4, 16).

 

No amor do Senhor do altar e da bênção.

 

                                               Prs. Hudson Cerqueira e Jaqueline Cerqueira

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

  • Existem passos de afastamento dados por você? Cite qual(ais).

  • Você entende porque deve decidir viver as Verdades de Deus para sua vida?

  • O que você efetivamente precisará fazer a partir de hoje para ser usado por Deus de forma especial e promover a Sua glória na sua família, ministério, trabalho, escola etc?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES