A LEGITIMIDADE PARA SONHAR E A MATURIDADE PARA CONQUISTAR!

 (Gn 37.1-8)

 

            Todo sonho de Deus é um chamado para uma conquista, é um decreto de que Ele está nos dando um determinado território. Cada sonho de Deus legitima a conquista de um determinado território.

            Nesses tempos do desafio para andarmos em Unidade e Maturidade, cremos que um número cada vez maior de cristãos receberá ou será restituído nos sonhos de Deus para suas vidas, famílias, ministérios etc. Os sonhos de Deus são legítimos e tornam-se decretos de uma conquista legítima para aquele que crê. Uma vez que os sonhos de Deus nos alcançam, precisamos mostrar maturidade e tomar a posição de legítimos sonhadores que rumam para uma conquista.

 

O QUE É SER LEGÍTIMO?

            Ser legítimo é ser legal na questão, estando fundamentado no direito ou na razão; é o que tem força de lei; é o que é válido perante a lei. Verdadeiro. Puro. Autêntico. Genuíno. Para sonhar com maturidade é preciso ser legítimo e para conquistar com legitimidade é preciso ser maduro. Muitos sonham sem legitimidade, porque sonham os sonhos que não são seus ou porque estão corrompidos como sonhadores, perderam a legitimidade para sonhar os sonhos que Deus lhes deu.

            Para sonharmos com legitimidade precisamos sonhar os sonhos que Deus nos deu e sermos maduros, termos o caráter do sonhador legítimo. Conquistadores legítimos são os sonhadores maduros, que não negociam os sonhos de Deus, nem o caráter de Cristo para sonharem e alcançarem seus sonhos! José era um sonhador legítimo, mas só se tornou conquistador legítimo no tempo do amadurecimento. O Senhor busca uma geração de sonhadores legítimos e maduros, para implementar as mudanças radicais que estão no Seu coração para esse tempo.

 

O QUE É NECESSÁRIO PARA SONHARMOS COM LEGITIMIDADE E CONQUISTARMOS COM MATURIDADE?

            Pelo menos duas coisas são fundamentais para nos tornarmos sonhadores legítimos:

 

1- TER NO CORAÇÃO UM SONHO DADO POR DEUS:

            Só é sonhador e conquistador legítimo quem tem no coração um sonho dado por Deus. Precisamos buscar no Senhor os sonhos dEle para nossa vida, casamento, família, ministério etc. Só os sonhadores legítimos fazem diferença em seu tempo.

 

2- SER UM DISCÍPULO DE FÉ:

            O justo vive por fé e sem fé é impossível agradar a Deus. É pela fé que entendemos a operação de Deus em nós e através de nós. É só pela fé que recebemos o sonho de Deus para nós, a palavra rhema, carregada de vida e poder de Deus. É também pela fé que entramos e permanecemos na rota da conquista dos sonhos de Deus. Viver a legitimidade de um sonho e amadurecer como legítimo conquistador deste sonho, exige a determinação que só pela fé no Deus dos sonhos conseguiremos.

 

a) TER FÉ PARA VIVER EM SANTIDADE:

            Ninguém sonha ou conquista com legitimidade os sonhos de Deus fora do contexto de santidade. Viver a fé é viver em santidade e vida santa legitima e amadurece o sonhador. Os sonhos de Deus não se sonham nem se conquistam por quaisquer caminhos, nem de qualquer jeito, mas exclusivamente pela rota da santidade pessoal. O sonhador legítimo e conquistador maduro é alguém de fé, que se empenha em santificar a vida pessoal e familiar, o ministério, o chamado, o sonho e a conquista.

 

b) TER FÉ PARA VENCER OS OBSTÁCULOS:

            Muitos obstáculos se levantam diante do sonhador legítimo com o propósito de paralisá-lo na rota da conquista dos sonhos de Deus. Mas o sonhador legítimo se fortalece na fé para superar cada um deles, transformando cada obstáculo num degrau para o seu amadurecimento como um conquistador legítimo.

            Assim como José, vemos que os sonhadores legítimos geralmente estão expostos a quatro tipos de obstáculos aos seus sonhos e conquistas: inveja, rejeição, tentação e conselhos não edificantes.

 

1- INVEJA:

            A inveja é um sentimento que levanta pessoas para matar os nossos sonhos. Por causa dela os irmãos de José se levantaram contra ele e prepararam um plano para destruí-lo. Uma das armas que a inveja mais usa é o menosprezo e a desonra.

            O invejoso não consegue ver um sonhador progredindo nos sonhos de Deus, por isso age como os irmãos invejosos de José, tentando matar o sonhador, não só física (como em muitos casos), mas também espiritual e emocionalmente. O invejoso procura anular a fé e a esperança do sonhador. Só pela fé o sonhador legítimo consegue superar os obstáculos levantados pelos invejosos, sem contaminar o coração com amargura, vingança, competição ou soberba.

 

2- REJEIÇÃO:

            Toda visão ou sonho de Deus acaba encontrando oposição, num grau maior ou menor. Muitos se opõem, mesmo sem perceberem que se tornaram opositores. Isto é fácil de entender se atentarmos para o fato de que muitos têm dificuldade de aceitar o novo e, por isso, resistem às mudanças, tanto pessoais como contextuais (no casamento, na família, no ministério, na igreja, no trabalho). No caso de José, seus sonhos promoveriam mudanças no contexto familiar, e isto incomodava e trazia insegurança para seus irmãos, que já o odiavam por ser o preferido de Israel, seu pai.

            A rejeição, além de ser uma forma de expressar o ódio, é também um meio de oferecer resistência a alguém ou a alguma coisa que nos traz insegurança e incômodo. Muitos estão sendo rejeitados por causa dos sonhos que têm recebido de Deus, inclusive para seus casamentos, famílias, ministérios etc. Assim como José e Jesus (que foi o mais rejeitado entre os homens), precisamos vencer o obstáculo da rejeição e progredir na conquista dos sonhos de Deus para nós. Afinal, Deus pode usar a situação da rejeição para derramar grandes bênçãos sobre seus filhos: pela rejeição de José por seus irmãos, Deus proveu proteção e sustento para o povo de Israel, e pela rejeição de Jesus pelos judeus, Deus providenciou a salvação para o pecador.

 

3. TENTAÇÃO:

            Tentação é a indução para a queda. É um míssil infernal lançado na direção do nosso carater para corromper a nossa identidade. É extremamente maligna, ainda que seja levada por uma pessoa! A tentação é um dos obstáculos que o inimigo coloca para enfraquecer e desviar alguém do caminho da bênção. O inimigo pode tentar em muitas áreas: casamento, família, célula, finanças, sexo etc.

            Uma das tentações mais utilizadas pelo inimigo (além da fama, dinheiro e poder) é a tentação sexual, que induz ao adultério, prostituição, fornicação, impureza, lascívia. Mas José, apesar de ter sido assediado por um forte espírito de sedução, permaneceu firme, não esmoreceu e conservou em seu coração a decisão de não pecar contra Deus, nem ceder às paixões carnais (leia Gn 39). Essa decisão de José, apesar de levá-lo para o cárcere, livrou-o de cadeias espirituais e emocionais. Deus o honrou, guardou e guiou vitoriosamente, levando-o a interpretar o que estava em operação no campo espiritual. O fato de suportar eficientemente as provações, além de aproximá-lo cada vez mais de Deus, o amadureceu, encheu de autoridade e o capacitou a interpretar os sonhos do faraó, que não só testificou que José tinha um espírito superior ao dos outros e o colocou como senhor de todo o Egito, o que se tornou uma porta aberta para a realização dos sonhos de Deus, tanto a seu respeito como em relação ao seu povo.

            Deus está nos chamando para entrarmos em níveis de conquistas jamais imaginados por muitos de nós. Seus sonhos continuam sendo o grande propulsor para a Igreja romper e progredir na realização dos propósitos de Deus. Ajuste-se aos moveres de Deus. Abra-se para que os sonhos de Deus encontrem em seu coração um terreno fértil para frutificarem. O tempo da legitimidade chegou. Santifique-se e, por fé, avance em direção à realização dos projetos de Deus para sua vida, família, ministério e muito mais, em nome de Jesus.

 

            No amor do Senhor da Unidade e da Maturidade.

 

                                                           Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos.

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO CELULAR:

1- Você tem sonhos legítimos? Quais?

2- Você está caminhando de forma madura na rota da conquista de seus sonhos legítimos?

3- O que efetivamente falta a você para se tornar um sonhador maduro e legítimo? O que você efetivamente fará para alcançar o estágio de sonhador maduro e legítimo?

 

DESTAQUE DA PASTORAL:

Para sonhar com maturidade é preciso ser legítimo e para conquistar com legitimidade é preciso ser maduro.

 

 

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES