REFORMAR A VISÃO PARA FLUIR NA REFORMA PESSOAL E FAMILIAR! (parte final)

Mc 8.22-26

 

É preciso nos posicionarmos debaixo do sacrifício de Jesus (sangue e cruz) e do ensino de Jesus (Palavra de Deus), para que nossos valores e conceitos sejam reformados e consolidados por Ele. Para tal, precisamos tomar algumas decisões importantes em nossas vidas.

 

1) DECIDA CRER PARA VER!

Sem fé não há reforma. Precisamos crer que Deus, em Cristo, não só tem um modelo perfeito para nós, como nos fez novidade no planeta. É pela fé que temos a visão de como Deus nos vê em Cristo, o que é totalmente diferente de como o mundo e o diabo nos vêm e, até, de como muitos se vêm. Creia que Deus tem um modelo novo para você e para a sua família.

Não espere ver o novo de Deus em sua vida para crer na reforma interna ou externa. Você será o que você crê que será. Claro que exigirá trabalho, esforço e tempo, mas acontecerá! Tome Cristo como modelo perfeito e mergulhe na realização da sua reforma. Ajuste-se aos princípios e propósitos eternos de Deus e decida ser diferente. Creia que nEle você e sua família poderão ser reformados e viverão os melhores dias de suas histórias. Tenha uma visão diferenciada e sobrenatural de você e de sua família.

 

2) DECIDA OBEDECER E SE SUBMETER PARA VENCER!

Rebeldes não se deixam reformar e nem fazem as reformas propostas por Deus. Rebeldes não reformam; eles deformam geografias! A reforma começa com um profundo confronto pessoal, o que nem sempre é facil de assimilar. Só a obediência e a submissão irrestritas ao Senhor nos sustentam no processo de reforma interna e externa.

As raizes de rebelião deformam a maneira como muitos se vêm e vêm os outros. Rebeldes vêm de acordo com sua rebeldia. Eis alguns fundamentos da rebelião: justiça própria, soberba, vaidade, egoismo. Quem não abre mão desses fundamentos, não obedece nem se submete e, por conseguinte, repudia a visão de Deus e não se deixa reformar, nem se empenha na reforma de sua geografia.

 

3) DECIDA SER SANTO!

Aos olhos de Deus a reforma é para nos tornar cada vez mais santos, mais parecidos com Cristo. Ele mesmo nos confronta em dois textos importantes: a) “Sede santos porque eu sou santo” (1 Pe 1.16) e b) “anda na minha presença e sê perfeito” (Gn 1.17). Santidade pessoal é o foco da reforma que Deus quer implementar em nós. Só entra e permanece em reforma quem quer buscar uma vida santa e nutrir um coração incontaminado, independente das situações que viveu ou esteja vivendo.

Veja-se como alguém separado do mundo, do pecado e da carnalidade para Deus. Nutra essa visão de ser santo como o Senhor é Santo, de andar na presença dEle  buscando sinceramente a perfeição. Decida pensar, falar, ouvir, ver, servir, andar, escolher, julgar, comentar, aprender, ensinar, vestir-se e relacionar-se como um santo, até que a Santidade, que é Cristo, seja plenamente vivida em você. Sim, você acertou: é preciso esforço pessoal. Realmente, é mais facil colocar Jesus no coração, do que o coração nas mãos de Jesus! Quanto mais nos santificamos e buscamos andar na presença do Senhor, mais conhecemos dEle e melhor se torna a nossa visão de santidade ao Senhor.

 

4) DECIDA SER LIBERTO E CURADO!

As feridas e cadeias na alma deformam a visão de santidade, tão necessária para as reformas internas e externas. Quando a mágoa, o ódio, o ressentimento e o sentimento de rejeição e abandono, dentre outros, entram na vida de uma pessoa, podem produzir feridas e cadeias na sua alma e, assim, macularem a sua visão de santidade, tanto pessoal como familiar etc. Com a alma ferida e acorrentada a pessoa tem uma visão distorcida de si e dos outros, o que compromete sua santidade pessoal e a inviabiliza para as reformas.

 

PERDÃO – O REMÉDIO PARA A CURA E A LIBERTAÇÃO!

Quem busca busca libertação e cura da alma precisa entrar na rota do PERDÃO. O perdão corta amarras, rompe cadeias, nos livra dos verdugos, cicatriza feridas, limpa nossa visão e nos libera para as reformas. Pedir, liberar e receber o perdão é fundamental para a nossa saude espiritual e emocional e para nutrirmos a visão correta tanto de nós como dos outros. O perdão é uma chave de vitória que traz libertação e cura para a alma, porque é o remédio divino que foi extraido da obra da cruz de Cristo, para nos livrar das cadeias e das feridas da alma. Deus nos fez santos porque nos perdoou os pecados e é por causa desse mesmo perdão divino que continuamos a nos santificar.

Não há reforma sem fé! Não há reforma sem santidade! Não há santidade sem libertação e cura da alma! Não há libertação nem cura da alma sem liberação do perdão! Se o perdão não é liberado, as cadeias e os verdugos permanecem (Mt 18.23-35), a visão continua distorcida, a reforma não chega e nenhum reformador é levantado. Com perdão retido, continuaremos vendo homens como árvores!

- O perdão sela nossas reformas interiores e nos libera para fazermos as reformas exteriores.

Abra-se hoje ao Senhor e deixe que Ele toque em você de modo específico. Mantenha-se sempre na presença dEle e aberto para Ele, para que Ele possa tocar você sempre que alguma distorção ou deformidade afetar a sua visão. Confesse ao Senhor todo o lixo que entrou em sua alma e está afetando seu modo de ver e discernir o que está em você e à sua volta. Resolva agora mesmo deixar aos pés do Senhor tudo o que sustentou sua alma com deformidades e distorceu a sua visão. Deixe aos pés da cruz de Jesus a ira, a vingança, a rejeição, os complexos, a baixa-estima e todo e qualquer tipo de lixo que sujou seus olhos e sua alma. Arrependa-se diante dEle e peça a Ele para limpar seus olhos espirituais e seu coração.

Nunca mais permita que o diabo faça retoques malignos na sua imagem, no seu carater e na imagem que você tem dos outros. Ele é mentiroso, fraudulento e um artista de segunda categoria, enquanto que você é uma obra-prima de Deus. Veja-se assim e não como as mentiras que ele diz a seu respeito. Ele nunca merece crédito. Dê exclusivamente ao nosso Deus o poder e a autoridade para continuar desenvolvendo o Seu projeto original em você. Entregue nas mãos de Deus a tarefa de fazer de você a pessoa maravilhosa que Ele quer fazer.

 

No amor do Senhor da família.

 

                                               Aps Aurelio Jesus Santos e Susana M. B. Santos

 

PERGUNTAS PARA A REFLEXÃO PASTORAL:

  • Com base nas quatro decisões importantes, descritas na pastoral, em quais você precisa se ajustar para uma reforma pessoal eficaz?

  • Como está a sua vida em relação ao perdão? Você o tem praticado, no sentido de pedir, liberar e receber o perdão?

  • O que você efetivamente fará para que sua visão a seu respeito, a respeito de Deus e do seu contexto seja reformada e ampliada conforme o propósito de Deus?

Todos os direitos reservados a Igreja Missionária Manancial

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • MANANCIAL
  • MANANCIAL

Desenvolvido por PLENA PRODUÇÕES